Skype Twitter Facebook
AJURIS
ESDM presente na posse da nova Administração

No dia 1.º de fevereiro de 2018, a Diretora-Geral da ESDM - Fundação Escola Superior de Direito Municipal, Cristiane Catarina Fagundes de Oliveira, esteve presente na solenidade de posse da nova Administração da AJURIS - Associação dos Juízes do Rio Grande do Sul para o biênio 2018/2019, realizada no auditório do Foro Central II.


Também estiveram presentes o Presidente da APMPA - Associação dos Procuradores do Município de Porto Alegre, Cesar Emílio Sulzbach, e o Procurador-Geral Adjunto Nelson Marisco, representando o Prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Jr.


A Associação, que congrega e representa a magistratura gaúcha, será comandada, pela segunda vez em seus 73 anos de história, por uma mulher. A juíza Vera Deboni irá presidir a entidade pelos próximos dois anos, tendo Orlando Faccini Neto, como Vice-Presidente Administrativo; Cristiano Vilhalba Flores, Vice-Presidente de Patrimônio e Finanças; Madgéli Frantz Machado, Vice-Presidente Cultural; Patrícia Antunes Laydner, como Vice-Presidente Social; e Felipe Rauen Filho, como Vice-Presidente de Aposentados.



Gratidão e compromisso

Em seu discurso de posse, aberto com uma citação do escritor José Saramago sobre a responsabilidade, a nova Presidente falou da vocação da AJURIS na defesa da democracia e dos muitos nomes que ajudaram a construir sua história, em especial o seu antecessor, Gilberto Schafer. ”Dever de respeito e gratidão impõe citação especial ao colega que hoje se despede. O Gilberto foi um comandante exemplar da magistratura gaúcha. Culto, ponderado e de um impecável agir democrático, terá seu nome marcado na história da AJURIS como um verdadeiro líder, lutador e agregador”, disse a magistrada. Vera Deboni também ressaltou o trabalho dos demais vice-presidentes e diretores que estão se despedindo da gestão.


Vera Deboni também discorreu sobre o compromisso da busca por um Judiciário forte que tem, como consequência, uma sociedade mais segura. “Como melhorar os meios para o alcance do bem-estar social é o principal desafio que devem ter os administradores públicos e as lideranças em geral. Isso é responsabilidade de todos e, com ênfase, da AJURIS’’, afirmou a Presidente.



Momento de afirmação da autonomia

A nova Presidente da AJURIS, que possui larga experiência associativa, também falou sobre o momento em que vive o Judiciário, que é constantemente provocado a decidir questões envolvendo a moralidade pública, tocando também em bandeiras defendidas pela AJURIS. “O trabalho do Judiciário e das instituições que o provocam a agir parece não ter fim… Não faltam alternativas de abalar a autonomia administrativa e financeira dos tribunais e de ferir os pilares das garantias da magistratura mediante proposta falaciosas, entre elas, a Reforma da Previdência, vendida como uma solução para todos os males do país que atingirá danosamento muitos brasileiros, independente da condição social e econômica”, discorreu Vera Deboni.


“Queremos manter a AJURIS voltada para os interesses da magistratura, não só corporativos como também institucionais, mas, ao mesmo tempo, lutar pelo bem comum e pelo fortalecimento do Estado Democrático de Direito”, completou a nova Presidente que também se referiu à necessidade de uma imprensa livre e responsável dentro dos conceitos desse Estado.

  

 

Fonte: Adriana Vargas, com informações da Ajuris - Foto: Kiko Coelho/Kad Comunicação
Frequenza